25 de março de 2009

Parei de criticar e comecei a agir

Quando foi a última vez que você viu algo que te incomodou? Pode ser qualquer coisa, um buraco na sua rua, alguém jogando lixo na praça, lavando a calçada com a mangueira, gritando com uma criança, um vizinho barulhento, enfim... Lembrou de alguma história parecida? Posso apostar que isso não faz muito tempo, acertei? Pois é, estamos cansados de ver isso todos os dias. Agora vem a segunda pergunta, e essa dói: O que você fez a respeito?

Andei investigando o assunto, e descobri que a resposta para esta pergunta, na maioria das vezes é NADA. Aí descobri um estudo revelador: a maioria das pessoas em especial os brasileiros, sofre de um tipo de ‘mal’ chamado de ‘ignorância pluralística’. Ocorre quando um cidadão age de acordo com aquilo que os outros pensam, e não por aquilo que ele acha correto fazer. Essas pessoas pensam assim: ‘se o outro não faz, por que eu vou fazer?’ – para saber mais sobre este estudo, acesse reportagem da Época, vale a pena.

Pois bem, pensando sobre isso, cheguei à conclusão que, mesmo incomodada com muitas coisas, também sofria deste mal. Conto nos dedos as situações em que reivindiquei meus direitos ou me manifestei a respeito de algo que não gostava.

Daí, na virada do ano, ao invés das promessas de praxe, como emagrecer ou começar a academia, resolvi fazer um pacto comigo mesma: Não deixo nada passar em branco. Se algo me incomoda, tomo uma atitude. Não espero nada. Vou lá e faço alguma coisa. Só nesses primeiros 3 meses de 2009, já reclamei com a subprefeitura do meu bairro, já implantei coleta de óleo no meu prédio, já fiz uma denúncia anônima, já escrevi um artigo na coluna de ‘direitos do cidadão’ de um jornal, enfim... Fiz muito mais neste ano do que em todos os anteriores. Meu lema agora é: O que você já fez HOJE para mudar a realidade que tanto critica?

Hoje? Escrevi neste blog... é mais uma parte do pacto. Compartilhar histórias e criar um espaço para que você também possa compartilhar as suas. Seja bem-vindo e fique à vontade!

Um beijo,
Andy

8 comentários:

umlitrodeletras disse...

Andy e Gil, que legal! Eu ontem resolvi tomar uma atitude para melhorar a qualidade das patéticas reuniões de condomínio do meu prédio. Tomei a palavra no final da reunião, e propus que eu possa facilitar uma próxima reunião para priorizar os temas que devem ser discutidos. Dormi feliz e acordei com a sensação de ter feito a diferença!

Gabi Werner disse...

Andy,
Seja bem vinda à comunidade dos blogueiros. Sua vida nunca mais será a mesma :-)

O que eu fiz ontem foi convidar todos os vizinhos do meu prédio para passar a Hora do Planeta na minha casa, conversando sobre aquecimento global. Se alguém aparecer, tu podes escrever a respeito.

Gabi.

Anônimo disse...

teste de perfil

Zeneca disse...

É isso aí Andy.
Espero ter metade de sua coragem pra tomar uma atitude em relação as minhas indignações com o mundo.
Enquanto isso não acontece, vou apoiando quem fala e FAZ.
Um grande beijo e obrigado pela preocupação com todos.

Andy disse...

Sandro, muito legal a sua iniciativa de facilitar a reunião de condomínio. Por que não usarmos nossas competências profissionais para contribuir com nossa vida pessoal? Afinal, não são vidas separadas, é uma coisa só!
Gabi, quero muito escrever sobre o encontro com seus amigos durante a hora do planeta. Inspirada por seu comentário, adicionei um link para a Hora do Planeta aqui no blog, obrigada!
Zeneca, valeu pelo apoio, você já faz parte desta comunidade consciente antes mesmo dela nascer... tenho certeza de que tem muitas histórias para compartilhar, seja bem-vindo e fique à vontade!

Anônimo disse...

Andy

Muito legais seu texto e a matéria da Época!

Aproveitando o assunto de seu condomínio, meu prédio faz coleta seletiva,
coleta de óleo e ações permanentes de uso racional de água e eletricidade.
Isso desde 2004, quando levei para lá o aprendizado que tive no Time de
Ecoeficiência do B. Real.

Essa experiência com meu prédio gerou comunicados e instruções que acabei
passando para outros funcionários do Banco - e até para alguns clientes -
que queriam implantar em seus prédios o que fizemos no nosso.

Portanto, o que fazemos no Banco é um aprendizado que pode ser levado para
nossa vida pessoal, nossas casas, nossas comunidades.

Vamos aproveitar seu blog para trocarmos experiências com o objetivo de
melhorarmos nossa casa, nossa quadra, nossa rua, nossa cidade, até, quem
sabe, nosso planeta, conforme receita do "Homem".

Abraço.
Antonio Ozi

Anônimo disse...

Andy,parabéns pela iniciativa.
Será uma fonte de troca de idéias e experiências inspiradoras. Nesse ano, me envolvi com a comissão do meu prédio com várias propostas de melhorias, dentre elas a coleta seletiva. Obrigada por compartilhar suas idéias. Vou tomar a liberdade e divulgar a alguns amigos. Show!!! Cris Rios

Anônimo disse...

Muito legal!!!
Evandro Fonseca Costa diz que:
"As pessoas que são loucas o suficiente para achar que mudam o mundo
são as que realmente mudam".
Então que tal sermos totalmente loucos e começarmos a fazer mudanças naqueles hábitos que, mesmo sendo aparentemente sadios, consomem as nossas energias e as do planeta???
Parabéns Andy!
Cibele